sábado, 6 de setembro de 2008

O mecanismo do sorriso

Dona Sandra Mendes do Rosário
[contínua de primeira classe]

descobri-lhe
hoje
o complicado mecanismo do sorriso
numa rua que dá para Cacilhas
depois de ter inventado a península da alface
e obtido como resposta
“tá-se”

Dona Sandra Mendes do Rosário
[contínua de primeira classe]

conheci-lhe
hoje
a faceta calcinada do mecanismo do sorriso
de olhos brandos
a ralharem,
de bata azul e branca
cobrindo-lhe a almofada do peito
encosto esconderijo onde
guardava, secreta, a ternura maternal
com que preparava o leite com Toddy.

Dona Sandra Mendes do Rosário
[contínua de primeira classe]

não lhe conhecia anda.
Imagino-lhe apenas o sorriso C
[de contínua de primeira classe]

a de sa gre gar -se

assim que chega àquela rua que dá para
Cacilhas.


Danylo Americano, Poemas Radiografados,
Colecção Index Poesis, n.º 46

Sem comentários: